ANÁLISE SENSORIAL DE ORA - PRO-NÓBIS: PROMOÇÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL NO MUNICÍPIO DE XIQUE-XIQUE

  • Roberta Machado Santos IFBaiano campus Xique-xique
  • Margareth Pereira Novaes
  • Sueli Rodrigues da Silva
Palavras-chave: PANC, Recursos Genéticos Vegetais, Degustação

Resumo

O objetivo deste relato foi realizar a divulgação da planta Ora-pro-nóbis, suas propriedades nutricionais reforçando sua importância na alimentação diária, a partir da disponibilização de mudas e cartilha informativa. Ora-pro-nóbis possui alto teor de nutrientes, fácil cultivo e bastante versátil na culinária, apresenta-se como uma alternativa alimentar, principalmente, para famílias de baixa renda. Foi realizada uma análise sensorial com produtos alimentícios elaborados com folhas desta planta, bem como mudas foram produzidas para distribuição e uma cartilha informativa. Os participantes puderam degustar o suco verde, omelete, pão e chips e avaliarem quanto ao sabor, aroma e visual, todos receberam as mudas e a cartilha.  100% dos participantes não conheciam ora-pro-nóbis, seu uso e benefícios. De modo geral, os produtos apresentam alta aceitabilidade, contudo se faz necessário adequar o chips quanto a exigência do público. O uso das plantas alimentícias não convencionais (PANC) possibilita o resgate de tradições e hábitos de alimentação mais saudáveis e diversificados, mais trabalhos de divulgação das PANCs devem ser realizados, pois possibilitará ampliar as fontes alimentares, abrindo assim diversas alternativas gastronômicas e promover a conservação desses recursos genéticos.

Referências

BRACK, P. Plantas alimentícias não convencionais. Agriculturas, v.13, n. 2, 2016.

KINUPP, V.F; LORENZI, H. Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC) no Brasil: guia de identificação, aspectos nutricionais e receitas ilustradas. 1ª ed. Ed. Instituto Plantarum, 2014.

MMA. Ministério do Meio Ambiente. Instituto Chico Mendes. Caatinga. Disponível em : http://www.mma.gov.br/biomas/caatinga. Acesso em 11 de julho de 2018.
OLIVEIRA, D. M.; MARQUES, D.; KWIATKOWSKI, A.; MONTEIRO, A. R. G; CLEMENTE, E. Sensory analysis and chemical characterization of cereal enriched with grapepeel and seed flour. Acta Scientiarum. Technology, v. 35, n. 3, p. 427-431, 2013.

SANTOS, W.S.; HENRIQUES, I.G.N.; SANTOS, W.S.; RAMOS, G.G.; VASCONCELOS, G.S.; VASCONCELO, A.D.M. Análise florística-fitossociológica e potencial madeireiro em área de caatinga submetida a manejo florestal. Agropecuária Científica no Semiárido, Patos-PB, v.13, n.3, 2017.
SILVA, M. O. M.; MOREIRA, L. M. C. C. ; FELISMINO, D. C. Levantamento etnofarmacológico de espécies medicinais em área da reserva florestal de caatinga no município de Santa Cruz do Capibaribe, PE. Revista de Biologia & Farmácia e Manejo Agrícola, v,13, n.1, 2017.

QUEIROZ, C. R. A. A. et al.. Growing Pereskia aculeata under intermittent irrigation according to levels of matric potential reduction. Pesquisa Agropecuária Tropical. Goiânia, v. 45, n. 1, p. 1-8, Jan./Mar. 2015.
Publicado
2021-04-13
Seção
Relato de Experiência