ESTADO NUTRICIONAL: QUALIDADE DOS HÁBITOS ALIMENTARES E ÍNDICE DE MASSA CORPORAL DE ESCOLARES DO COLÉGIO MUNICIPAL AURINO FAUSTO DOS SANTOS – UBAÍRA-BA

  • Neilton Santos de Souza Instituto Federal Baiano de Educação, Ciências e Tecnologia Campus Santa Inês
  • Rosineide Braz Santos Fonseca
Palavras-chave: Escolares. Sobrepeso. Eutróficos. Saudável

Resumo

Resumo

Este estudo teve como objetivo investigar a qualidade dos hábitos alimentares e o Índice de Massa Corporal (IMC) de escolares do Ensino Fundamental II do Colégio Aurino Fausto dos Santos, Ubaíra-BA. Para tanto foi aplicado um questionário semifechado para escolares do 6º ao 9º ano e realizado mensurações de peso e estatura para cálculo do IMC. Trata-se de um estudo observacional com delineamento de corte transversal. A população inclui 133 adolescentes com idades cronológicas entre 11 e 20 anos. Realizou-se análise descritiva, análise univariada e bivariada (nível de significância de p≤0,05). O índice de confiança considerada foi 95%. Os resultados demonstraram um percentual considerável de escolares (21,9%) (meninos e meninas) com excesso de peso (sobrepeso+obesidade); 73,5% eutróficos; 4,6 abaixo do peso; 36% dos entrevistados não possui o hábito de tomar café pela manhã. Dessa forma, evidencia-se a importância do controle do peso corporal na escola, além do incentivo a intervenções, por parte da escola e por meio de políticas públicas, para proporcionar melhorias na qualidade de vida dos escolares.

 

Referências

Referências

ARAÚJO, E. D. da S.; BLANK, N.; OLIVEIRA, W. F. de. Atividade física e hábitos alimentares de adolescentes de três escolas públicas de Florianópolis/SC. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desenho Humano, Florianópolis, v. 11, n. 4, p. 428-434, 2009.

BERTIN, R. l, MALKOWSKI, J, ZUTTER, L. C. I, ULBRICH, A. Z. Estado nutricional, hábitos alimentares e conhecimentos de nutrição em escolares. Rev. paul. pediatr. vol.28 no.3 São Paulo Sept. 2010.

CAMPOS, M. M. C.; DUQUE, M. M. B. Hábitos alimentares de alunos de uma escola pública no Município de volta Redonda. Revista Educação Pública. 2018.

COSTA, M. C. D.; CORDONI JUNIOR, L.; MATSUO, T. Hábitos alimentar de escolares adolescentes de um município do oeste do Paraná. Revista de Nutrição, Campinas, v. 20, n. 5, p. 461-471, set./out.,2007.

Da Silva, Cristiane Matos; Polubriaginof, Cláudia. Obesidade infantil: fatores de risco e intervenções de enfermagem pertinentes, 2012. RevEnferm UNISA. 2012; 13(2): 112-6.

LAROCA, R; CAMARGO, A. T. ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL: Importância também na adolescência. Paraná. 2016.

Marchioni DML, Gorgulho BM, Teixeira JA, Verly E Jr, Fisberg RM. Prevalência de omissão do café da manhã e seus fatores associados em adolescentes de São Paulo: estudo ISA-Capital. Nutrire. 2015;40(1):10-20.

MELLO, J. B. et al. Associação entre nível de atividade física e excesso de peso corporal em adolescentes: um estudo transversal de base escolar. Ver. Bras. Ativ. Fis. E saúde, pelotas, v. 19, n. 1, p. 25-34, jan. 2014.
PELEGRINI, A. et al. Estado nutricional e fatores associados em escolares domiciliares na área rural e urbana. Revista de Nutrição, Campinas, v. 23, n. 5, p. 839-846, set./OUT.,2010.

SILVA, J. M. S. Perfil do estado nutricional e do consumo alimentar de crianças de uma escola do município de vitória de santo antão - PE. Trabalho de conclusão de curso, Universidade Federal de Pernambuco.

SOUZA, JÚNIOR, I. de et al. Relação entre hábitos alimentares e índice de massa corporal em estudantes de instituição pública do nordeste brasileiro. Pensar a prática, Goiânia, v. 16, n. 2, p. 320-618, abr./junh.2013.

THOMAS, J. R.; NELSON, J. K. Métodos de pesquisa em atividade física. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2007.

TRICHES R. M, GIUGLIANI E. R. Obesidade, práticas alimentares e conhecimentos de nutrição em escolares. Revista Saúde Pública 2005; 39:541-7.
Publicado
2021-04-13